Brasília de ‘A’ a ‘T’: a arquitetura da capital federal e a cerâmica de Athos Bulcão

Capela de Nossa Senhora de Fátima. Brasília. Fotografia: Visite Brasília

.

Após a viagem técnica pela Europa, durante a qual visitamos a cerâmica artesanal holandesa em Delft e a arquitetura portuguesa em azulejo de Lisboa, a equipe da Reveste Online traz ao leitor o que há de melhor na história do revestimento brasileiro, combinando desta forma Arquitetura e Artes Plásticas. Desta vez, nossa jornada nos leva a Brasília, cidade que foi planejada para tornar-se a capital federal do Brasil e na qual as obras do Arquiteto e Urbanista Oscar Niemeyer misturam-se com a arte em azulejo do pintor, escultor, desenhista e artista brasileiro Athos Bulcão. Confira!

Quem foi Athos Bulcão?

.

Athos Bulcão nasceu em 2 de Julho de 1918 no bairro do Catete, Rio de Janeiro, e viveu durante sua infância em uma ampla residência em Teresópolis (RJ) junto com seus irmãos e seu pai, o qual era amigo e sócio de Monteiro Lobato. Descrito por ser uma criança tímida, passava muito tempo dentro de casa, dedicando-se aos desenhos e misturando fantasia com realidade. Posteriormente, chegou ao mundo das artes ‘graças a uma série de acidentais e providenciais lances do acaso’ (Fundação Athos Bulcão).

Recém ingressado no meio artístico, Athos Bulcão conheceu e aprendeu com os pioneiros do modernismo brasileiro, entre eles Carlos Scliar, Jorge Amado, Pancetti, Enrico Bianco, Burle Marx, Milton Dacosta, Vinicius de Moraes, Fernando Sabino, Paulo Mendes Campos, Ceschiatti, Manuel Bandeira, entre outros. Mas foi com Cândido Portinari com quem Athos, aos 21 anos de idade, teve a oportunidade de trabalhar como assistente para o Mural de São Francisco de Assis, na Pampulha. A experiência lhe rendeu muitas lições sobre desenhos e cores: “Antes de pintar, [Athos] planejava as cores que usaria e acredita fervorosamente que o artista tem de saber o que quer fazer. Athos não acredita em inspiração. Para ele, o que existe é o talento e muito trabalho. ‘Arte é cosa mentale’, diz, citando Leonardo da Vinci.” (Fundação Athos Bulcão)

.

Athos Bulcão e a construção de Brasília

A cidade de Brasília foi idealizada durante os anos 1950 pelo presidente Juscelino Kubitschek, o qual estabeleceu a construção de Brasília como ‘meta-síntese’ de seu plano de metas. O traçado urbanístico de seu Plano Piloto foi implantado pela construtora Novacap a partir do anteprojeto elaborado pelo urbanista Lucio Costa. Mas é Oscar Niemeyer quem leva a fama pelo design dos principais edifícios públicos da cidade… e Athos Bulcão, por sua vez, pela integração entre a arquitetura modernista da recém inaugurada capital federal e a tradição das artes plásticas, estas representadas sobretudo pelo emprego do azulejo, o qual nos remete à nossa origem lusitana.

.

Assim, em Brasília, a arte urbana de Athos Bulcão expressa-se como um museu a céu aberto, um verdadeiro convite ao público em geral que acidentalmente entra em contato com a sua obra durante a vida cotidiana da cidade, seja no deslocamento ao trabalho, à escola, ou simplesmente pela deriva urbana. ‘Athos é o artista de Brasília. As obras que aqui realizou foram feitas para o convívio com a população e carregam a consideração por esta cidade e seus habitantes.’ (Fundação Athos Bulcão).

“(…) como pensar o Teatro Nacional sem os relevos admiráveis que revestem as duas empenas do edifício, ou o espaço magnífico do salão do Itamaraty sem suas treliças coloridas?”

João Filgueiras Lima, o Lelé

.

“Artista eu era. Pioneiro eu fiz-me. Devo a Brasília esse sofrido privilégio. Realmente um privilégio: ser pioneiro. Dureza que gera espírito. Um prêmio moral”.

Athos Bulcão

De ‘A’ a ‘T’: as principais obras de Athos Bulcão na capital federal

Athos Bulcão é, sem dúvidas, uma referência no que diz respeito às artes e à arquitetura não somente em Brasília, como também nas demais cidades brasileiras e do mundo. Mas, em meio a tanta criatividade, como é possível conhecer mais sobre estas obras? Na Galeria Virtual da Fundação Athos Bulcão, é possível apreciar uma lista de 119 obras do artista na categoria Arte e Arquitetura, além de pinturas, fotomontagens, desenhos e demais obras de Bulcão. Entre estas, a Reveste Online separou as obras de ‘A’ (Aeroporto Juscelino Kubitschek) a ‘T’ (Tribunal Superior do Trabalho) que são destaque na capital do Brasil, sobretudo pelo emprego do azulejo. Confira as obras abaixo e diga para a gente quais você mais gostou!

Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek

.

Brasília Palace Hotel

.

Catedral Metropolitana de Brasília

.

Centro Cultural Missionário da CNBB

.

Clube do Congresso

.

Congresso Nacional

.

.

.

Edifício Camargo Correia

.

Edifício PETROBRÁS SAuN Brasília

.

Escola Britânica de Brasília

.

Escola Classe 407 Norte

.

Escola Classe SQS 316

.

Hospital das Forças Armadas INCOR Brasília

.

Igrejinha Nossa Senhora de Fátima

.

Instituto de Artes da Universidade de Brasília

.

Instituto de Saúde Mental

.

Instituto Rio Branco

.

Interlegis

.

Jardim de Infância SQS 308

.

Jardim de Infância SQS 316

.

Manhattan Plaza Hotel

.

Mercado das Flores

.

Ministério das Relações Exteriores

.

.

.

Palácio do Planalto

.

Parque da Cidade

.

Portaria do Bloco F da SQN 107 Brasília

.

Portaria do Bloco G da SQN 107 Brasília

.

Quartel General do Exército

.

Rede Sarah – Brasília

.

Residência Ivani Valença

.

Residência Sérgio Parada

.

Residência Valéria Cabral

.

Rodoferroviária de Brasília

.

Secretaria de Trabalho do Distrito Federal

.

Superior Tribunal de Justiça

.

Teatro Nacional

.

.

Torre de TV

.

Tribunal de Contas da União

.

Tribunal Regional do Trabalho

.

Tribunal Superior do Trabalho

.

Gostou do trabalho de Athos Bulcão em Brasília? Então que tal algumas ideias para renovar o ambiente de sua casa, ou mesmo escritório? Confira em nossa loja online as opções de pisos cerâmicos, porcelanatos e revestimentos do tipo ‘decorados’!

Nossa próxima viagem nos levará a outro canto do Brasil, especificamente o Parque Estadual da Serra do Mar, no Estado de São Paulo. Por lá, combina-se a natureza exuberante de Mata Atlântica com a tradição cerâmica do Brasil. O eco percurso pela Rodovia Caminhos do Mar nos permite visitar as construções em azulejo e ainda apreciar a fauna e flora locais em nossa caminhada desde São Bernardo do Campo até Cubatão. Até breve!

3 comentários em “Brasília de ‘A’ a ‘T’: a arquitetura da capital federal e a cerâmica de Athos Bulcão

  1. Silvia Giannelli disse:

    Gostei dos azulejos em diversas obras, mas principalmente Painel de azulejos, Torre de TV, 1966. Brasília – DF, Brasil.
    Parabéns pela matéria!!

  2. […] Brasília de ‘A’ a ‘T’: a arquitetura da capital federal e a cerâmica de At… […]

Deixe uma resposta para Reveste Online | Blog | » A cerâmica e o ecoturismo em São Paulo: Trilha dos Monumentos Históricos Caminhos do Mar Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.